O seu carrinho

Your cart is currently empty!

Continue shopping

Cart total : €0,00


Estágio em alto mar de vinho do Douro terminou. O vinho que voltou é bem diferente daquele que partiu

Aug 30 , 2016

Estágio em alto mar de vinho do Douro terminou. O vinho que voltou é bem diferente daquele que partiu

O estágio em alto mar das três mil garrafas de vinho do Douro que embarcaram em direcção ao Canadá terminou. Os produtores que acompanharam o processo afirmam que os vinhos voltam com características únicas.

3 mil garrafas de Poseidon (nome deste vinho do Douro) embarcaram num bacalhoeiro em direcção ao Canadá no dia 7 de Junho deste ano, numa experiência proposta pelos oficiais da Marinha Mercante que pretendiam testar se o estágio em alto mar poderia contribuir para apurar o vinho.

Passado quase 3 meses, os vinhos já voltaram a terra e os produtores que lideraram a experiência não hesitam em considerar que o vinho que regressou é, e muito, diferente do que partiu. Segundo os enólogos o vinho que deixou as terras lusas era um vinho que se encontrava “um pouco duro” enquanto o vinho que regressa agora a Portugal está “mais redondo, mais apelativo e mais complexo”. A ondulação do navio em alto mar e as diferenças de temperatura são apontadas por estes comos os principais factores para esta melhoria dos vinhos, resultando no envelhecimento precoce do mesmo.

As garrafas que foram sujeitas a esta experiência vão agora ser rotuladas pelo Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, sendo que se prevê que estejam disponíveis para compra no mercado nacional e internacional, em Dezembro deste ano.

O sucesso deste projecto deverá levar os produtores a repetir a experiência em alto mar, com outras variedades de vinho. 

Loading
Thank you for signing up!
English
English