Anselmo Mendes, Pardusco Private Escolha Verde Tinto 2012

No sec. XIV, os vinhos exportados para Inglaterra eram chamados de "parduscos", por apresentarem uma cor parda. Eram vinhos claretes, feitos à base de uvas tintas mas que incorporavam também uvas brancas. 

Anselmo Mendes, Pardusco Private Escolha Verde Tinto 2012 Por 18€

18,00 €

Portes grátis para Portugal e Espanha continentais, em compras superiores a 50€.

No sec. XIV, os vinhos exportados para Inglaterra eram chamados de "parduscos", por apresentarem uma cor parda. Eram vinhos claretes, feitos à base de uvas tintas mas que incorporavam também uvas brancas.

Neste Pardusco PVT Escolha 2012, Anselmo Mendes loteou uvas tintas das sub-regiões de Monção e do Vale do Lima, com um corte de Alvarinho (15%), tendo-as submetido a uma extracção mínima, para diminuir a agressividade dos taninos. O resultado é um vinho de cor aberta, de aromas muito equilibrados e cheio de frescura.
 
 
Pardusco Private 2012 é um vinho verde tinto feito segundo as antigas tradições portugue­sas. As suas uvas (das variedades Alvarelhão, Pedral e Alvarinho) foram colhidas manualmente em caixas pequenas e transportadas para a adega num curto espaço de tempo, a que se seguiu uma prensagem muito suave das uvas inteiras desengaça­das.
 
A fermentação decorreu em cuba de inox e foi seguida de um estágio em barricas usadas (anteriormente utilizadas para estágio de Alvarinho) de carvalho francês de 225 litros durante 24 meses, a que se seguiu um estágio mínimo de 12 meses em garrafa. Foram engarrafadas apenas 3.000 garrafas.
 
De cor rubi aberta, evidenciam-se neste vinho os aromas intensos a frutos vermelhos maduros, envolvidos em nuances finas de fumo, tosta e cedro. No palato é seco, com uma acidez bem vincada. Na boca mostra ainda uma ele­vada concentração de frutos vermelhos e compota bem equilibrada com sabores minerais como couro e terra. Termina longo, muito sedoso e mineral.
 
Pardusco Private 2012 tem uma boa longevidade pela frente (no mínimo 10 anos) e é um vinho que acompanha bem pratos tradicionais da gastronomia portuguesa como por exemplo pataniscas de bacalhau com arroz de tomate ou sopa de tomate alentejana.


NOTA DE PROVA POR TIAGO MACENA

De Ruby brilhante aberto, num tom de cereja, o vinho sugere leveza e frescura!

Aromaticamente, afirma-se pela elegância dos frutos vermelhos frescos, morangos, framboesas! Mas o vinho uma camada aromática extra, conferida por notas de madeira, fumado ligeiro, tosta, especiarias! Num equilíbrio notável, no qual a elegância é palavra chave!

A boca, acompanha a sugestão aromática trazida pelo nariz! Frescura, leveza, são denominadores comuns deste vinho. Pilar fundamental deste vinho é a sua frescura vibrante, marcada pela acidez que lhe dá vida e graça. A presença de taninos delicados, conferidos pelo tempo de estágio em barrica, acrescentam uma dimensão extra ao vinho, enriquecendo o conjunto. O equilíbrio entre as partes, acidez vibrante, taninos finos e baixo teor alcoólico (12,5%), é fantástico!

Está num grande momento de prova. Feito para impressionar pela leveza da frescura acida e equilíbrio, recomenda-se o seu consumo imediato. Assim teremos acesso à frescura e fragância elegante do momento. Óptimo para estes dias de estio, terá capacidade de guarda limitada a 1 ano, 2 anos, no máximo!!

Especificações

Mais Informações
Tipo Verde
Capacidade 750ml
País Portugal
Região Vinho Verde
Produtor Alselmo Mendes
Colheita 2012
Teor Alcoólico 12.5%
Acidez 5.5000
Castas Alvarelhão, Pedral, Alvarinho.
Produção 3.000 garrafas
Estágio Estágio mínimo de 12 meses em garrafa.
Enólogo Anselmo Mendes
Combinações Saladas Ricas de Verão com massas e carnes brancas ou salmão fumado, Queijos de meia ou pouca cura, Churrasco de Verão, Saladas de polvo, acepipes de entradas variados
Visual Cor rubi aberta.
Boca No palato é seco, com uma acidez bem vincada. Elevada concentração de frutos vermelhos e compota bem equilibrada com sabores minerais como couro e terra. Termina longo, sedoso e muito mineral.
Vinificação Uvas colhidas manualmente em caixas pequenas e transportadas para a adega num curto espaço de tempo. Prensagem muito suave de uvas inteiras desengaçadas.
Nariz Aromas intensos a frutos vermelhos maduros envoltos em aromas finos de fumo, tosta e cedro.
Conheça os produtos desta seleção.

Escreva o seu comentário

Está a avaliar:Anselmo Mendes, Pardusco Private Escolha Verde Tinto 2012
Sua Avaliação
Nome
Resumo
Avaliação