Aphros Silenus 2009

Encaixada no vale do rio Lima a Quinta do Casal do Paço ergue-se entre uma paisagem coberta por árvores centenárias. A quinta, na posse da família desde o século XVII, permitiu que Vasco Croft materializasse a sua convicção pessoal nos princípios da antroposofia praticando uma agricultura que segue à risca os preceitos da biodinâmica segundo as suas convicções mais íntimas da comunhão íntima entre o homem e a natureza. 

Aphros Silenus 2009

23,00 €

Portes grátis para Portugal e Espanha continentais, em compras superiores a 50€.

Encaixada no vale do rio Lima a Quinta do Casal do Paço ergue-se entre uma paisagem coberta por árvores centenárias. A quinta, na posse da família desde o século XVII, permitiu que Vasco Croft materializasse a sua convicção pessoal nos princípios da antroposofia praticando uma agricultura que segue à risca os preceitos da biodinâmica segundo as suas convicções mais íntimas da comunhão íntima entre o homem e a natureza. Imbuído desse espírito Vasco Croft tomou a decisão de produzir o seu vinho de forma natural desde o primeiro instante, de fazer algo diferente e de recuperar as duas grandes castas da sub-região de Ponte de Lima, Loureiro e o Vinhão, casta tinta tradicional na região. Foi desde cedo aconselhado a desprezar o Vinhão, casta considerada rústica e de pouco interesse, incapaz de produzir vinhos tintos de qualidade.

 

Vasco Croft não teve porém qualquer dúvida em trabalhar de forma íntima com a casta Vinhão, convicto de que esta seria a aposta natural na sua região. Assumiu o Vinhão como a sua casta, como aquela que estaria melhor adaptada ao terroir da sub-região do Lima, mais apropriada à persecução dos seus objectivos. Em boa hora o fez porque o Aphros Vinhão conseguiu resgatar a casta da etiqueta de rudeza e rusticidade que lhe estavam coladas de forma directa, oferecendo-lhe uma nova imagem de beleza, frescura e suavidade de carácter que poucos lhe conheciam, acrescentando ainda a longevidade, uma propriedade que poucos adivinhavam nesta casta minhota. Os rendimentos são quase insignificantes, de pouco mais de quatro toneladas por hectare, exprimindo de forma fiel o terroir da quinta. Curiosamente, e ao contrário do que tem sido tradição na região, este Silenus estagiou em barricas novas e usadas de carvalho, circunstância que ajudou a dar complexidade ao nariz e boca, envolvendo o Vinhão sem nunca se sobrepor ou marcar demasiado a sua presença. Um grande vinho com capacidade para evoluir muito bem em garrafa.

Especificações

Mais Informações
Tipo Verde
Capacidade 750ml
País Portugal
Região Não
Produtor Vasco Croft
Colheita 2009
Teor Alcoólico 13%
Castas Vinhão
Produção 660
Estágio 9 meses em barricas de carvalho
Enólogo Rui Cunha
Combinações Carnes vermelhas e caça

Escreva o seu comentário

Está a avaliar:Aphros Silenus 2009
Sua Avaliação
Nome
Resumo
Avaliação