Palácio da Bacalhôa Tinto 2014

O primeiro Palácio da Bacalhôa foi o da colheita de 2000, um ano excepcional na região. Foi nesse ano que a fundação Berardo adquiriu o Palácio e a Quinta da Bacalhôa – os quais foram integrados posteriormente no grupo Bacalhôa (através da participação do seu accionista de referência) e que acabaria por se tornar no símbolo e na imagem de marca “umbrela” desta companhia, uma das mais relevantes do sector em Portugal.

Palácio da Bacalhôa 2014

46,00 €

Portes grátis para Portugal e Espanha continentais, em compras superiores a 50€.

A Quinta da Bacalhôa está localizada nas meias-encostas de Azeitão viradas a Norte e tem o “terroir” ideal para a produção de excelentes vinhos, com os seus solos calcários vermelhos e bem drenados, além de um clima ameno, devido à forte influência atlântica.

Por detrás deste grande vinho, não está só uma grande enóloga (Filipa Tomaz da Costa), mas também uma grande dupla de enólogos (com Vasco Penha Garcia). E ainda, António Francisco Avillez, Peter Bright, Tomas Scoville, José Casais, Jorge Paiva Raposo e o próprio Comendador José Berardo. Este é o vinho que, pela sua qualidade ímpar, pretende representar toda a história de uma das mais importantes empresas do vinho e que nos trouxe para Portugal (além do primeiro enólogo australiano) as castas Cabernet Sauvignon; Chardonnay e Merlot, entre outras inovações.

Especificações

Mais Informações
Tipo Tinto
Capacidade 750ml
País Portugal
Região Península de Setúbal
Produtor Bacalhôa
Colheita 2014
Teor Alcoólico 14.5%
Castas 60,5% Cabernet Sauvignon, 36,2% Merlot e 3,3% Petit Verdot.
Produção 14.360
Engarrafamento Maio de 2016
Estágio 18 meses em barricas novas de 225 litros de carvalho francês grão fino
Enólogo Filipa Tomaz da Costa
Temperatura para servir 6-18ºC
Visual Cor vermelha profunda
Boca Notas fortes de frutos de baga encarnados combinados com nuances de café, moca, baunilha e frutos secos numa estrutura cheia, complexa, fresca, elegante e persistente.
Vinificação Os vinhos elementares fermentaram a temperatura controlada (25º C), seguindo-se um período de “cuvaison” (maceração pelicular pós-fermentativa) de 1 semana. Finalmente após a separação das partes sólidas
Prémios Revista GE 18,5 pts
Nariz Apresenta-se muito concentrada

Escreva o seu comentário

Está a avaliar:Palácio da Bacalhôa Tinto 2014
Sua Avaliação
Nome
Resumo
Avaliação