Quinta da Touriga Chã Tinto 2016

A quinta da Touriga-Chã está intimamente ligada à história de uma das mais importantes casas do Douro, a casa Ramos Pinto. Jorge Rosas, filho de José Rosas e bisneto de Adriano Ramos Pinto, fundador da Ramos Pinto, é hoje o proprietário desta quinta. Seu pai foi um dos precursores do estudo da viticultura no Douro, tendo sido um dos primeiros a aperceber-se da importância primordial das castas do Douro e da importância da matéria-prima no resultado final quanto à qualidade do vinho.

Quinta da Touriga Chã 2016 Por 44€

44,00 €

Portes grátis para Portugal e Espanha continentais, em compras superiores a 50€.

A quinta da Touriga-Chã está intimamente ligada à história de uma das mais importantes casas do Douro, a casa Ramos Pinto. Jorge Rosas, filho de José Rosas e bisneto de Adriano Ramos Pinto, fundador da Ramos Pinto, é hoje o proprietário desta quinta. Seu pai foi um dos precursores do estudo da viticultura no Douro, tendo sido um dos primeiros a aperceber-se da importância primordial das castas do Douro e da importância da matéria-prima no resultado final quanto à qualidade do vinho.

Para infortúnio de José Ramos Pinto Rosas a quinta não estava à venda. Vender terra era nesses tempos considerado como um pecado capital. Apesar da insistência a quinta não era negociável. Fascinado pela quinta, José Ramos Pinto Rosas chegou a disfarçar-se de pescador, acompanhado pelo actual mandatário da quinta, o filho Jorge Rosas, só para a estudar de perto.

Aos 72 anos de idade, José Ramos Pinto Rosas adquiriu esta quinta situada a uma cota de cerca de 350 metros de altitude e juntamente como o seu filho Jorge Rosas e família decidiu plantar uma vinha de forma inovadora para a época (1991), dividida por castas, com predominância para a Touriga Nacional. Daí o nome Touriga-Chã.

Hoje a Quinta da Touriga-Chã pode orgulhar-se de produzir dois vinhos cobiçados apesar de ainda relativamente desconhecidos do grande público, o Quinta da Touriga-Chã e o Puro, vinhos cheios e musculados, mas de extraordinário equilíbrio e distinção, vinhos harmoniosos e elegantes, consistentes e constantes. Vinhos finos e elegantes no nariz, atléticos e tensos na boca, vinhos que se alimentam da dicotomia entre nariz e boca, entre um universo de suavidade e doçura e um mundo de potência e vigor.

As uvas foram colhidas manualmente para caixas de 20 kg entre os dias 21 e 24 de setembro, com uma maturação perfeita e a sua fermentação foi realizada em pequenas cubas de inox com temperatura controlada. Em seguida, o vinho estagiou 15 meses em barricas novas de carvalho Francês de 225 litros, sendo 80% madeira nova e 20% madeira 2º ano.

Com a enologia a cargo de João Brito e Cunha e José Luis Silva, este Quinta da Touriga Chã 2014, de cor púrpura concentrada, é um lote de 68% Touriga nacional e 32% Touriga Franca.

No nariz, notam-se claramente aromas finos e muito complexos. Na boca, mostra uma excelente fruta, sendo cheio de complexidade e com uma excelente estrutura. Os seis taninos muito bem trabalhados conferem-lhe uma sensação sedosa e um final muito longo e persistente. A combinação de uma acidez muito equilibrada com a excelente concentração de frutos silvestres certamente indicia um longo envelhecimento, pelo que o vinho ainda beneficiar com o estágio em garrafa.

Com uma cor púrpura bastante profunda, revelando uma boa concentração, no nariz apresentam-se aromas finos e complexos. Notando-se uma fruta madura e uma predominância para as notas mais florais, este Quinta da Touriga Chã 2013 é ainda visivelmente marcado pelas notas especiadas e complexas, provenientes do estágio em madeira. 

Na boca, mostra-se a fruta, toda uma rica complexidade e uma excelente estrutura e taninos de grande qualidade, que lhe conferem uma sensação muito sedosa e um final muito longo. A combinação de uma acidez equilibrada e uma excelente concentração de frutos silvestres, irácertamente contribuir para um longo envelhecimento, pelo que o vinho poderá beneficiar com alguns anos de estágio em garrafa. O seu final é muito equilibrado, elegante e persistente.

Para acompanhar, sugerimos todo o tipo de carnes vermelhas, caça ou enchidos tradicionais portugueses.

Especificações

Mais Informações
Tipo Tinto
Capacidade 750ml
País Portugal
Região Douro
Produtor Jorge Rosas
Colheita 2016
Teor Alcoólico 14.5%
Castas 68% Touriga Nacional 32% Touriga Franca
Engarrafamento Setembro 2016
Estágio 15 meses em barricas novas de carvalho Francês de 225 litros (tanoarias: Seguin Moreau e Taransaud). 80% madeira nova e 20% madeira 2º ano.
Enólogo João Brito e Cunha
Temperatura para servir Beneficiará se servido a 18º com decantação prévia.
Combinações Boa harmonia com carnes vermelhas, caça ou enchidos tradicionais portugueses.
Visual Boa concentração cor púrpura e bastante profunda.
Boca Na boca, mostra fruta, complexidade e uma excelente estrutura bons taninos, que lhe conferem uma sensação muito sedosa e um final muito longo. A combinação de uma acidez equilibrada e uma excelente concentração de frutos silvestres, irá certamente contribuir para um longo envelhecimento, pelo que o vinho poderá beneficiar com alguns anos de estágio em garrafa. Final de boca, Equilibrado, elegante e persistente.
Vinificação Uvas colhidas entre os dias 21 e 24 de Setembro (em pequenas caixas de cerca de 20 Kg) ,com uma maturação fenólica perfeita. Fermentação feita em pequenas cubas de inox com temperatura controlada.
Prémios Revista de Vinhos 18,5 pts
Nariz Aromas finos e muito complexos. Bom carácter de fruta, com predominância para notas mais florais, evoluindo posteriormente para notas especiadas e complexas, proveniente do estágio em madeira .
Conheça os produtos desta seleção.

Escreva o seu comentário

Está a avaliar:Quinta da Touriga Chã Tinto 2016
Sua Avaliação
Nome
Resumo
Avaliação