Mostrar sidebar

Mangualde tem nova casa do vinho

por Filipe Silva em

Da videira até à mesa, passando pela elaboração tradicional, todo o ciclo do vinho na sub-região Dão-Lafões passa a ser explicado no centro interpretativo instalado na Adega Cooperativa de Mangualde. Uma obra que custou cem mil euros, projeto financiado pelo Proder (Programa de Desenvolvimento Rural).

“Já trabalhávamos muito no setor do enoturismo e sentimos a necessidade de criar algo onde pudéssemos mostrar aos visitantes todo o ciclo, desde a cultura da vinha até à prova do vinho”, explica o presidente da cooperativa de Mangualde, António Mendes.

O objetivo não é apenas mais um núcleo museológico, mas antes um espaço interativo, que mostrasse “tudo o que está entre a cultura da vinha e o desfrutar do vinho”.

António Mendes explica que o centro tem “uma série de galerias que ilustram o ciclo vegetativo, os trabalhos da vinha, as castas utilizadas na região, as doenças, e um bocadinho da parte histórica da Região Demarcada do Dão”.

No final, há “uma sala de interpretação, onde as pessoas podem perceber como se prova o vinho, aprender toda a terminologia utilizada, a paleta de cores e aromas, todas essas experiências”, acrescentou.

ENTREGAS ENTRE 1 A 2 DIAS ÚTEIS A PARTIR DA DATA DE PAGAMENTO DA SUA ENCOMENDA.
Portes Grátis para encomendas acima de 50€ para Portugal e Espanha Continentais
Carrinho cart 0
Português (Portugal)