Novo local e conceito: Inaugurado novo museu do vinho do Porto

Mar 11 , 2019

Novo local e conceito: Inaugurado novo museu do vinho do Porto

O novo Museu do Vinho de Porto abriu portas esta terça-feira (dia 5 de março), mudando-se assim do Armazém do Cais Novo, na zona de Massarelos, onde esteve instalado desde 2004, para as instalações reabilitadas de um edifício municipal da Rua da Reboleira, na Ribeira do Porto.

Esta mudança que “representa um investimento superior a 128 mil euros”, não se limita ao local: também o conceito do espaço sofrerá alterações, de forma a “evidenciar a importância do poder local na regulação do comércio do vinho em geral e do Vinho do Porto em particular e realça-se três categorias de oficiais municipais que, ao longo dos séculos, lidaram com o vinho – vereadores, almotacés e aferidores”, como explicou o município numa resposta enviada à LUSA.

Neste novo espaço estarão expostos “diversos objectos pertencentes ao acervo municipal e relacionados com o tema, mas que antes estavam espalhados por diferentes polos”, como por exemplo no Arquivo Histórico Municipal do Porto e na Biblioteca Municipal do Porto.

Segundo a câmara este não é apenas “mais um espaço museológico sobre o Vinho do Porto, o rio ou a região Duriense”, mas um museu que pretende assumir uma postura disruptiva, complementando assim “as propostas já existentes, nomeadamente no Instituto dos Vinhos do Douro e Porto, nas caves de Gaia e no Alto Douro”, contribuindo para “reabilitar” e “promover” o património arquitetónico da cidade.