Mostrar sidebar

Futuro do turismo à beira mar plantado

por Filipe Silva em

Uma costa privilegiada, com praias a perder de vista e sol durante grande parte do ano, têm sido os grandes trunfos do turismo nacional. Mas, é preciso mais, Portugal tem de diversificar a oferta. Aumentar o volume de visitantes é possível para gregos, cipriotas e portugueses, garante Nikolao Antonakakis, professor na Portsmouth Business School. Ora, além de sol e praia, que mais temos para oferecer ao nível do melhor que há? Resposta natural, vinho e cultura.

A análise feita, nos casos de Chipre, Grécia e Portugal, conclui que o enfoque deveria ser colocado na criação de pacotes turísticos alternativos, para complementar as experiências que incluem sol e mar. Até porque, refere Antonakakis, «estes países têm os recursos para acomodar os visitantes e, aumentando o que podem oferecer, diminuiu-se a sazonalidade do turismo de praia, atraindo mais visitantes, dispostos a gastar mais» refere o coordenador do estudo que mereceu honras de publicação na revista Economic Modelling.

Portes Grátis para encomendas acima de 50€ para Portugal e Espanha Continentais
Carrinho cart 0
português (Portugal)