O seu carrinho

O seu carrinho de compras está neste momento vazio.

Continuar a Comprar

Total do carrinho €0,00


Dieta mediterrânica em concurso nacional.

Jun 19 , 2015

Dieta mediterrânica em concurso nacional.

A dieta mediterrânica é o tema do concurso “Melhor Restaurante de Portugal 2015”, promovido pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana (CVRA) e pela Casa do Azeite, ao qual podem concorrer todos os restaurantes do país.
Os restaurantes interessados em participar na iniciativa, cuja 1.ª edição decorre este ano e que será replicada anualmente, poderão formalizar a sua inscrição até ao dia 6 de Julho para o endereço de correio eletrónico “inscricoes@vinhosdoalentejo.pt”.
O concurso tem como objectivo desafiar restaurantes de todo o país a apresentarem as suas melhores receitas baseadas na dieta mediterrânica, a qual foi classificada como Património Cultural Imaterial da Humanidade pela Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura (UNESCO).
Um dos critérios de avaliação pressupõe, segundo a CVRA, que sejam submetidos a concurso menus de degustação que combinem vinhos e azeites em pratos cujos perfis se enquadrem na dieta mediterrânica.
De entre os vários tipos de restaurantes, a organização vai aceitar três categorias a concurso: “cozinha de autor”, “cozinha gastronómica” e “cozinha tradicional”.
A “cozinha de autor”, segundo a organização, refere-se a uma «restauração moderna, com cozinha, atmosfera e serviço sofisticados, recorrendo a produtos de qualidade máxima».
A vertente “cozinha gastronómica” abrange o «espaço da cozinha contemporânea e de autor, recorrendo a produtos de qualidade máxima». Finalmente, a categoria “cozinha tradicional” está direccionada para «espaços reconhecidos pela qualidade e autenticidade da gastronomia regional».
Após a recepção das inscrições e a verificação dos requisitos de participação, as propostas dos candidatos serão analisadas para eleição dos seis melhores restaurantes/menus.
A análise vai ser efectuada por um júri composto por cinco membros: um jornalista de vinhos e outro de gastronomia, um representante da CVRA e um da Casa do Azeite e um especialista em dieta mediterrânica/representante da Associação Portuguesa de Nutricionistas.
O júri terá também a missão de visitar, sob anonimato e sem qualquer marcação ou aviso prévio, os seis finalistas do concurso, para «avaliar a qualidade do menu preparado, o serviço e a capacidade de informar os clientes sobre os produtos dos parceiros envolvidos e os principais conceitos e vantagens da dieta mediterrânica».
Fonte: Lusa

A carregar
Obrigado por subscrever!