O seu carrinho

O seu carrinho de compras está neste momento vazio.

Continuar a Comprar

Total do carrinho €0,00


Moscatel mais vendido dos “States”? Nicki Minaj!

Feb 01 , 2015

Moscatel mais vendido dos “States”? Nicki Minaj!

A cantora pop americana Nicki Minaj acaba de lançar na Europa, via mercado britânico, um dos seus maiores êxitos: a marca de vinho gasificado Myx Fusions Moscato, confiando em replicar deste lado do Atlântico o sucesso de vendas alcançado nos “States”. Criada no final de 2013, logo nos primeiros 6 meses a marca vendeu 1 milhão das pequenas garrafas azul elétrico.

Armadas com esses números, em 2014, Nicki e a sua sócia na Myx Fusions, Mina Scott-Young, negociaram a distribuição do pack de 3 unidades e teor alcoólico de 5,5,% vol. (versão original Moscatel, coco e pêssego) com a Young's Market Company, o quarto maior distribuidor de vinho dos Estados Unidos. Ou seja, colocação garantida em centenas de supermercados Kmart (digamos, o Continente lá do sítio) de costa a costa. Resultado, vendas com um crescimento exponencial de 400% nos últimos 6 meses do ano passado. Nesse período, a faturação saltou para perto dos 16 milhões de euros, com 7,5 milhões de garrafas vendidas!

Um furacão comercial impulsionado pela boa imagem e promoção da bebida, mas sobretudo cavalgando o sucesso do Moscatel gasificado. De facto, em termos globais e segundo várias publicações especializadas, a casta terá mesmo ultrapassado o Sauvignon Blanc no ranking das variedades mais populares. Como o comprova o fenómeno de vendas Lambrusco, não só em Portugal, como em Espanha, França e outros países que absorvem avidamente os 35 milhões de garrafas produzidas anualmente na região Emilia-Romagna, no Norte de Itália. É um vinho fácil de beber, é barato, portanto, também fácil de comprar e não fere os hábitos de consumo pós-adolescência. Falamos de paladares treinados em bebidas gasosas e doces.

Aliás, o envolvimento de Nicki Minaj é exemplo disso mesmo. Nos últimos 3 anos, tanto nas suas letras como em músicas de outras estrelas pop, Kanye West, Drake e Lil’ Kim, encontram-se abundantes referências ao doce e “frizzante” Moscatel. Claro está, outra coisa é a exploração comercial desso gosto, como a colocação das garrafinhas azuis no videoclip “Anaconda”, com mais de 380 milhões de visualizações no Youtube…


Porque não se julgue a juventude um mercado fácil. Perante notícias assim, é o erro de alguns puristas do vinho. Pelo contrário, os jovens não costumam beber vinho: poucos o fazem na faixa etária 18-25 anos e mesmo ampliando até aos 35 anos, a percentagem de consumidores habituais anda à volta de 10%. De forma que o posicionamento de Lambruscos, Myx Fusions e quejandos, junto desses segmentos tem o seu mérito. Não se pense que são as únicas opções nos restaurantes e bares frequentados por jovens. Se escolhem “vinho”, tanto melhor. Por muito que doa a críticos e apreciadores evoluídos. Não se passa de um dia para o outro, de tomar coca-colas para apreciar um Douro ou Alentejo…

Essa passagem faz-se, como é óbvio, nos locais mais frequentados pelos jovens que apreciam sumos frescos e doces, tonificados pelo gás. O mesmo é dizer, nas redes sociais e internet em geral: @MyxFusions no Twitter , myxfusions no Instagram, Myx Fusions no Facebook para além, claro está, do website oficial myxfusions.com . Presença baseada em 2 slogans distintos, "Get in the Myx", primeiro mote da campanha e "The Perfect Minaj", o segundo slogan pensado para publicidade “outdoor” e mostrando 3 diferentes Nicki Minaj, adequadas a cada garrafa do pack.

A carregar
Obrigado por subscrever!
Portuguese (Portugal)